sábado, 2 de agosto de 2014



Decoração Hipster

Hoje eu vou falar pra vocês sobre um estilo bem peculiar na decoração e sou particularmente suspeita para isso porque A-D-O-R-O. Trata-se do estilo Hipster. Ao pé da letra e de maneira bem clara, o hipster é aquele estilo que reúne elementos ultra modernos seja no estilo de vestir ou no de decorar e que agrega ao seu visual ícones que estejam em voga no momento. Mais popularmente falando, itens que estejam na "modinha". 

Mas me atendo ao assunto que me cabe -a decoração-  considero que o estilo hipster vai além do uso de certos ícones ou elementos, explico:  a pessoa que incorpora ao seu lar esse estilo está de alguma maneira escancarando seus gostos e sua personalidade, está mostrando para quem entrar ali as suas preferências, seu estilo de vida, suas cores preferidas, seus livros favoritos. Ela está dando vida ao lar, e isso é uma das coisas que considero mais importante num projeto de decoração. Adoro ver em revistas, sites e em eventos como a Casa Cor ambientes minimalistas, com linhas retas, paletas de cores claras e sofisticação, ambientes que mostram as últimas novidades em todos os aspectos (iluminação, revestimentos, automação, texturas, etc). Mas normalmente são ambientes frios justamente porque poderiam 'caber' na casa de qualquer pessoa justamente por serem assim tão neutros. E isso pra mim é a antítese do que busco num projeto: para mim um lar é o reflexo da personalidade do seu dono. 

E qual seria a receita perfeita para unir traços de sofisticação com toques 'hipsters'? É justamente aí que está o pulo do gato: o bom senso. Normalmente, um bom designer de interiores consegue chegar a esse  ponto de equilibrio, afinal seu cliente é até sofisticado, mas é também moderno e descolado. Um trabalho que envolve muitos sentidos, eu diria que os seis! 

Para ilustrar o post, no entando, escolhi imagens que denotam o estilo hipster na sua forma mais pura: moderno, descolado, ousado, despretensioso e com muitos poucos traços de sofisticação. Em geral, pessoas que adotam esse caminho têm personalidade marcante e bem delineada. Suas casas são por si só um convite para entrar e sentar-se. E mais que isso: um convite para aproveitar a vida e o momento. Vamos ver:















Aqui abaixo, para casos mais sofisticados, peças de design assinadas compoem também os ambientes:






E quais seriam elementos que caracterizam esse estilo?

Muitos quadros juntos, ilustrações, paredes de fotos.


Uso de clássicos como "Keep Calm..."

Uso de lanterninhas ou de luzes de Natal na decoração.
 Mescla com objetos vintage.
 Ícones como o "Bigodinho"
 Cores, grafismos, mix inusitados.

Objetos reciclados e tranformados.

Fontes e Fotos: Houzz, Pinterest, Google, Elle Decor.



Escrito por

quarta-feira, 30 de julho de 2014



Home Office. Projeto: Liana Barros Daiha


Desde que comprei esse apartamento onde moro, utilizo um dos quartos para trabalhar e me vestir. Era apenas um improviso com móveis que foram da loja INTUITIF, uma cama de solteiro para eventuais visitas e um grande armário. Recentemente, meu filho manifestou a vontade de ocupar esse quarto em questão, deixando vaga então a suíte que até então ele ocupava. É claro que achei ótimo. Que mulher não quer ter um espaço só seu para trabalhar, se vestir e um banheiro só para suas maquiagens e apetrechos para o cabelo? Tratei logo de agilizar essa mudança e, como sempre faço, procurei reutilizar moveis e objetos que tinham importância como praticidade ou valor afetivo, gastando assim só com o muito necessário.

Em pouco menos de um mês fiz tudo: mandei pintar de branco o teto que era azul com estrelinhas e planetas e também uma parede que estava cheia de ilustrações coladas. Removi a cortina para ser instalada no novo quarto dele.  E ai vieram os grandes toques especiais: papel de parede listrado e uma poltrona que eu já namorava há meses, só não sabia onde colocar caso a comprasse.

  E ficou assim:


Agora vejam as pequenas transformações que fiz: Esse banco florido tem um enorme valor sentimental, era o banco do piano de minha avó e foi usado com minha penteadeira Chipandelle na loja. Comprei tecido novo e com a ajuda da cunhada, mudamos o forro. O espelho - espelho de banheiro,  na verdade - ganhou pintura preta.
A mesa para trabalho é uma otima mesa que eu mesma desenhei e mandei confeccionar em 2001, quando meu atelier de bolsas ainda se resumia a um minusculo quartinho nos fundos do apto de meus pais. Mandei laquear e ficou nova em folha.
E o resultado ficou ótimo. Consegui deixar o ambiente moderno mas sem abandonar o meu lado romântico.
Comprei esse lustre e pedi que pintassem a base de preto para deixá-lo com uma pegada mais moderna. Incrementei com os cristais.

Notem que sobrou tecido do banco, então mudamos também o estofado da cadeira de escritório, que estava bem descorada e feia, embora em perfeito estado.

A penteadeira foi instalada nesse "buraco" do armário, que tem modelagem bem anos 80/90. Aquele tipo de buraco feito para encaixar a cama, sabem? Pois é, mas quando me mudei ele estava em tão bom estado e sem cupins que preferi somente revestí-lo com laminado melamínico, mantendo e o layout original. Antes ficava ali a tv do meu filho com umas prateleiras logo acima, agora encaixei a penteadeira e ficou show. 
 Esse gavetão é perfeito para as maquiagens.

Então é isso aí. Nada de grandes gastos e um ambiente perfeito para o que eu pretendia: trabalhar com sossego, guardar minhas roupas e acessórios e até receber algum cliente se eu desejar.
 E vocês, gostaram?

Fotos: Liana Barros Daiha



Escrito por



Olá, estou de volta!

Olá, leitoras e leitores! Depois de mais de um ano sumida, estou finalmente de volta. Foi um intervalo e tanto com trabalhos, viagens e outras prioridades que me distanciaram daqui, mas agora pretendo ir voltando devagar e compartilhando com vocês novamente as minhas ideias e impressões desse mundo gostoso que é o do design de Interiores e Arquitetura.

Antes de recomeçar, no entanto, gostaria de voltar a ressaltar um ponto importante: prestem bastante atenção ao fato de que A MAIORIA DAS IMAGENS CONTIDAS NO SITE NÃO SÃO DE MINHA AUTORIA BEM COMO NEM TODOS OS PROJETOS SÃO MEUS! Como em qualquer site, imagens da web são utilizadas para ilustrar os posts e matérias e eu sempre sinalizo isso ao final de cada post. Caso eu saiba a fonte exata, eu cito. Em caso de não saber por ser uma imagem do meu banco de imagens gravada ha muito tempo, apenas informo: "referências da web" ou "referências Google". Quando acontecer de ser um projeto ser meu, sinalizarei logo no título do post, bem como se imagens forem minhas o farei ao fim do texto. Caso deseje remover alguma das imagens contidas por ser de sua autoria, por favor me avise!

Outro ponto importante, já que recebi inúmeros emails ao longo desses meses afastada: NÃO CONFECCIONO E NEM COMERCIALIZO OS MÓVEIS OU OBJETOS DE DECORAÇÃO CONTIDOS NOS POSTS. SOU DESIGNER DE INTERIORES E, COMO TAL, MEU PAPEL É PROJETAR AMBIENTES E DAR SOLUÇÕES PARA ESPAÇOS. Logo, a consultoria é um dos serviços que presto e através do qual obtenho a minha renda. Portanto, caso precise de ideias, sugestóes ou mesmo de um projeto, não hesite em me mandar um e-mail solicitando um orçamento sem compromisso.

Sejam todos bem vindos de volta e vamos começar a brincadeira de novo.  Eu estava com saudade...!

Liana Barros Daiha



Escrito por

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013



Inspirações: Cozinhas Espetaculares com pisos amadeirados

As fotos abaixo são de um site 'gringo'. Notem a abundância de laminados que imitam madeira nos pisos. No Brasil temos a cultura de escolher sempre pisos frios como porcelanatos e cerâmicas e normalmente de cores bem claras, preferencialmente branco, mas vejam como é bonito e prático usa uma cor assim. Além de nobre e aconchegante, é fácil de limpar e de manter.










Fotos/Photos: Houzz



Escrito por
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...